UMA INTERVENÇÃO NUTRICIONAL NA ATENÇÃO BÁSICA
Postado 27/12/2017

 
Postado por
Juliana Almeida dos Santos

Diadema - SP
1140436109 1140597920
Organização/Instituição Promotora da Experiência : PREFEITURA DE DIADEMA - UBS ELDORADO E UBS VILA PAULINA
Área da Experiência: Educação, Saúde
Niveis Atuacao: Municipal/Local
Setor da Organização/Instituição: Público
Sujeito Idade: 20 a 59 anos, 60 a ou mais,
Número Aproximado de Participantes da Experiência : 101-500
Sujeito Caracteristica : Comunidade em geral, Profissionais da saúde
Tipo Local: Unidade Básica de Saúde
Tipo Experiência: Dinâmica em Grupo, Material Audio-visual, Oficina/Workshop, Roda de Conversa
Temática: Alimentos ultraprocessados / alimentos industrializados, Gastronomia / culinária, Higiene / conservação dos alimentos, Prevenção/controle de obesidade e doenças crônicas não transmissíveis (diabetes, hipertensão, câncer, doenças cardíacas, doenças respiratórias...), Promoção da Alimentação Adequada e Saudável, Rotulagem / informação nutricional


Sobre A Iniciativa:

No Brasil, as doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) constituem o problema de saúde de maior magnitude e correspondem cerca de 70% das causas de mortes, atingindo fortemente camadas podres da população e grupos mais vulneráveis. Entre essas doenças a obesidade é responsável por 2,8 milhões de mortes por ano. A prevalência do excesso de peso no país é de 50,1%, entre os homens, e 48%, entre as mulheres, sendo que os fatores que contribuem para isso são: níveis baixos de atividade física no lazer na população adulta, baixo consumo de frutas e hortaliças e consumo elevado de alimentos ricos em gordura e açúcares. Apesar do rápido crescimento da obesidade e das DCNT, seu impacto pode ser revertido por meio de intervenções de promoção à saúde. O objetivo do projeto é realizar  uma intervenção nutricional a fim de atingir uma mudança dos hábitos de vida da população atendidade em duas Unidades Básica de Saúde (UBS) do município de Diadema. E como consequência redução da prevalência de obesidade e agravos das DCNT. 



Passo A Passo:

A intervenção consiste em um acompanhamento em grupo de pessoas com excesso de peso (IMC > 25 kg/m²) com 10 encontros quinzenais, onde cada encontro apresenta um tema de acordo com os Dez passos para uma alimentação adequada e saudável (Ministério da Saúde, 2014), e também, é realizado um apoio e acompanhamento psicológico para construção de um estilo de vida satisfatório. Neste grupo temos a participação de uma nutricionista, uma estagiaria de nutrição e uma psicóloga. Em cada encontro é realizado avaliação antropométrica.  



Considerações:

Foram 102 participantes de 19 a 76 anos, sendo 73,5% adultos e 26,5% idosos. Até o momento, após a intervenção os participantes perderam 194,5 kg (156,2 kg entre os adultos e 38,3 kg entre os idosos) e 182 cm de redução da circunferência abdominal (175 cm entre os adultos e 7 cm entre os idosos). Foi verificado que os participantes tiveram uma mudança na classificação do IMC com redução dos números de obesidade. Em relação ao diagnóstico nutricional dos adultos verificou-se após a intervenção uma redução do número de obesidade grau I, II e III (de 36,0% para 33,3% - obesidade grau I; de 26,7% para 24,0% - obesidade grau II; de 16,0% para 14,7% - obesidade grau III) e aumentou a porcentagem de participantes com eutrofia (de 0,0% para 1,3%). Em relação aos idosos foi observado uma redução de pessoas com obesidade (de 70,4% para 66,7%) após a intervenção, que é positivo levando em consideração as mudanças fisiológicas nesta fase da vida. Conclui-se que a intervenção nutricional se mostrou efetiva na mudança de hábitos alimentares e como consequência a perda de peso e medida corporal. Um desafio foi o tempo de cada encontro, onde foi necessário ajustes. 







Álbum de Fotos da Experiência



Biblioteca da Experiência
1 - 10 passos para uma alimentação saudável


Experiências Relacionadas





Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui