Educação alimentar e nutricional nas mídias sociais: EAN+
Postado 26/05/2017

 
Postado por
Irland Barroncas Gonzaga

Belém - PA
(91)988208100
Organização/Instituição Promotora da Experiência : Universidade Federal do Pará/UFPA
Área da Experiência: Educação, Saúde, Outra
Niveis Atuacao: Federal/Nacional
Setor da Organização/Instituição: Público
Sujeito Idade: De 0 a 10 anos, De 11 a 19 anos, 20 a 59 anos, 60 a ou mais,
Número Aproximado de Participantes da Experiência : Mais de 1.000
Sujeito Caracteristica : Comunidade em geral, Profissionais da educação, Profissionais da saúde, Outros:
Tipo Local: Internet
Tipo Experiência: Atividade Lúdica e Artística, Curso, Exposição, Feira, Material Audio-visual, Material Impresso, Oficina/Workshop, Visita Orientada/Saída de Campo
Temática: Aleitamento materno / alimentação complementar , Alimentação do escolar, Gastronomia / culinária, Higiene / conservação dos alimentos, Prevenção/controle de obesidade e doenças crônicas não transmissíveis (diabetes, hipertensão, câncer, doenças cardíacas, doenças respiratórias...), Promoção da Alimentação Adequada e Saudável, Rotulagem / informação nutricional, Outros


Sobre A Iniciativa:

O que é o seu projeto?

            É um projeto de Educação alimentar e nutricional nas mídias sociais: EAN+, criado em 2013, após uma experiência da autora com sua equipe de colaboradores sobre a divulgação de recursos audiovisuais do nosso grupo de trabalho em blogs. Á partir dessa aproximação com as mídias sociais, a equipe avançou para um ambiente mais abrangente. Surgindo então o EAN+ com apoio da Pró-Reitoria de Extensão que financia os bolsistas, uma vez que o projeto precisa estar em contínuo movimento de notícias e atividades que são postadas nos endereços eletrônicos https://twitter.com/eanmais & fb.com/eanmais.

 

O que motivou sua realização?

Pela globalização que vivemos, o cenário preocupante de conteúdos sobre nutrição  nas mídias sociais postados por leigos de forma inescrupulosa e sem evidências científicas, que servem de orientação para internautas que procuram informações sobre nutrição para uma alimentação saudável, ou mesmo para tratamento de algum agravo nutricional; o que consideramos um problema de saúde coletiva; precisa ser considerado e regulamentado pelas esferas competentes, criando mecanismos de avaliação com indicadores de qualidade dos sites que divulgam orientações e material didático sobre nutrição sem evidências científicas, para que o próprio usuário tenha liberdade e consciência sobre sua real escolha. Desta forma nossa equipe de colaboradores visando a saúde coletiva, decidiu elaborar e implementar um projeto de educação alimentar e nutricional nas mídias sociais, onde os usuários possam encontrar postagens e material didático com evidências científicas em nutrição.

Que objetivos pretende atingir?*

Em primeira mão o projeto pretende elaborar, produzir e difundir gratuitamente nas mídias sociais, posts sobre educação alimentar e nutricional produzidos em nossa ou outra instituição, além de vídeos de curta duração gerados em ações educativas populares ou em âmbito acadêmico; ou mesmo em eventos culturais realizados pelos nossos parceiros (SESMA, CRN7, NURIÇÃO e AÇÃO).

Também trabalhamos cientificamente os dados gerados em ações educativas populares ou em âmbito acadêmico para apresenta-las em eventos científicos. Para isto temos parcerias com outros projetos de nossa faculdade que são ativos e aprovados em comitês de ética em pesquisa de acordo com as Diretrizes e Normas Regulamentadoras de Pesquisa envolvendo seres humanos da Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde.



Passo A Passo:

Passos mais importantes:

- Elaboração do projeto

- Parceria de financiamento para bolsistas

- Seleção de bolsistas com conhecimentos sobre Tecnologia da Informação (TI) e designer gráfico.

- Reuniões científicas permanentes com os pares para deliberação sobre as postagens e demais atividades com os parceiros.

- Participação da coordenação e colaboradores de forma permanente em ações educativas populares ou em âmbito acadêmico e eventos científicos, para ter material e ideias atualizadas que de forma simples e acessível possa ser usufruída por nossos usuários.



Considerações:

Resultados: Consideramos mais importantes os seguintes: aumento do número de seguidores; surgimento de outros projetos de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) nas mídias sociais; apresentação de Trabalhos científicos em nutrição com foco nas mídias sociais; criação de protocolos de avaliação da qualidade das informações sobre alimentação e nutrição recuperadas em páginas da internet (este concluído como trabalho de conclusão de curso-TCC), produção de vídeos educativos em EAN, que podem ser vistos no canal do projeto EANMAIS, assim como no youtube, parcerias com entidades de nutrição e órgão públicos de saúde para apresentação de atividades específicas de EAN. Isso é um grande avanço haja vista, que ao iniciarmos neste âmbito em 2013, fazia-se pouca divulgação em educação alimentar e nutricional usando recursos específicos da Tecnologia da Informação (TI).

            Os principais desafios são os de manter o interesse pelo projeto em um mundo globalizado, a dinâmica do projeto no sentido da renovação, recrutar e treinar discentes com habilidades em tecnologia da informação e designer gráfico, para alimentar mídias que exigem uma página de informações em educação alimentar e nutricional mais atrativas do que as informações nutricionais oriundas de páginas com interesses estritamente comerciais.

            As lições aprendidas evidenciam a necessidade permanente de parcerias, de estar aberta ao novo e atualizada com a globalização e não perder o foco no interesse ético e da saúde coletiva.




Custo da Experiência (R$): 1.200,00

Origem do Recurso/Fonte Financiadora da Experiência: PROEX- Próreitoria de Extrensão da UFPA e Outros projetos da coordenadora e colaboradores


Álbum de Fotos da Experiência



* Nenhum arquivo encontrado!


Experiências Relacionadas







Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui