Securing Rights, Combating Climate Change: How Strengthening Community Forest Rights Mitigates Climate Change

Um ponto muito importante, e que por muito tempo esteve desligado do tema, foi inserido no cenário de estudos sobre as mudanças do clima e aquecimento global: os direitos das populações tradicionais e dos povos indígenas, e suas relações com as florestas. O estudo intulado "Securing Rights, Combating Climate Change: How Strengthening Community Forest Rights Mitigates Climate Change" demonstra em forma de dados que fortalecer os direitos das populações às florestas e terras onde vivem, além de garantir benefício social essencial a essas pessoas, constitui um instrumento altamente eficaz para o controle climático.

Realizado em conjunto entre pesquisadores do World Resources Institute (WRI) e da Rights and Resources Initiative (RRI), a publicação utilizou dados de mapeamento de alta resolução de 14 países ricos em recursos florestais na América Latina, África e Ásia.

O relatório faz cinco recomendações principais aos governos para maximizar o potencial de mitigação climática das florestas comunitárias: fornecer às comunidades o reconhecimento legal de direitos florestais; impor esses direitos, como o mapeamento de fronteiras e a expulsão de invasores; fornecer assistência técnica e treinamento para que as comunidades melhorem o uso sustentável das florestas e o acesso ao mercado; envolver as comunidades na tomada de decisões em relação a investimentos que afetem suas florestas; e compensar financeiramente as comunidades pelos benefícios climáticos e outros benefícios fornecidos pelas florestas.

Ver todas as Publicações
Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui