Ideias na Mesa - Blog


postado por Isadora Dias Nunes de Sena em Sexta-feira, 29 de Julho de 2016

O terceiro princípio do "Marco de Referência de EAN para Políticas Públicas" traz a importância da valorização da cultura alimentar local e respeito à diversidade de opiniões e perspectivas, considerando a legitimidade dos saberes de diferentes culturas. Pensando nisso o [Comida na Tela] de hoje trouxe o documentário "El Origen de la Abundancia", produzido pelo Ministério da Cultura da Colômbia em parceria com a Fundação ACUA e  o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola da ONU (IFIDA).

O filme narra a diversidade da comida amazônica dos índios Uitoto, Ticuna, Yaguas e Boras e foi feito no âmbito das políticas para conhecimento, conservação, proteção e promoção da alimentação tradicional da Colômbia.

Ao longo do curta é passado por meio dos relatos dos indígenas e das belas imagens a abundância e diversidade de comidas, proveniente de como essas culturas vivem em seu meio: a floresta. A importância do resgate e conservação de todo o sistema alimentar vem do lugar que ocupa dentro do conhecimento tradicional, onde tudo está ligado: a língua, as formas de produção e de comer, a estrutura da divisão de trabalho, os rituais e restrições alimentares, o calendário alimentar, entre outros.

Além disso, mostra a importância para os indígenas da comensalidade, e a ênfase na relação entre a comida ser natural e típica e o bem estar e saúde do corpo e da alma.

E você, já parou para pensar em que conhecimentos alimentares tradicionais da sua região podem estar se perdendo atualmente?

Veja aqui o documentário completo (em espanhol):



Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui