Ideias na Mesa - Blog


postado por Isadora Dias Nunes de Sena em Sexta-feira, 17 de Junho de 2016

Antigamente, a vida para os agricultores do semiárido não era nada fácil: fome, sede, migração e mortalidade infantil se tornaram cenas gravadas na parede da memória de uma forma indelével.

O [Comida na Tela] de hoje traz o curta "Coragem é um dom", que com as falas de Dona Gracinha e sua família mostra como a agroecologia em conjunto com novas tecnologias e a mobilização dos movimentos sociais mudou esse contexto. Como ela mesma diz: "Já ouvi gente dizendo assim: o povo era preguiçoso. Não, eu acho que faltava era ideia." O sertão não mudou, o modo de nele viver é que está mudando.

Produzido em parceria com a Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), a VídeoSaúde – distribuidora de Fiocruz e o Canal Saúde, o filme, gravado durante a mais severa seca dos últimos 50 anos, traz a lógica do sertão sendo observada para uma vivência mais digna. A rotina no Sítio do Girau no interior da Bahia encanta. Dona Gracinha produz e vende queijo, feito com o leite de sua criação de cabras, que são alimentadas com forragem feita de sua plantação de palma. Tudo isso feito com muita higiene e conhecimento. Além disso, utiliza várias tecnologias para recolher e preservar a água da chuva, e aproveitar a do subsolo, e possui uma horta para consumo próprio.

O vídeo traz também a força da mulher agricultora, em todos os sentidos, junto com as próprias constatações de Dona Gracinha sobre as mudanças: "No tempo da minha avó as mulheres nem votar votavam, não tinham liberdade né?! Hoje não, mulher é presidente, deputada, médica, dentista, é tudo! Eu acho que as mulheres são muito inteligentes também.".

Assista aqui:



Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui