Ideias na Mesa - Blog


postado por Débora Castilho em Sexta-feira, 20 de Maio de 2016

“A contribuição econômica das mulheres do campo muitas vezes se oculta em relações que não necessariamente passam pelo dinheiro, como autoconsumo, trocas e doações daquilo que elas produzem. Retirar do próprio quintal quase toda a alimentação da família, intercambiar com a vizinha hortaliças por ovos, produzir plantas medicinais que substituem medicamentos, presentear com frutas parentes e amigos que vêm visitar no final de semana. São algumas atividades corriqueiras das mulheres rurais, cujo significado econômico nem sempre é levado em conta (Mulheres do campo construindo autonomia. Experiências de comercialização, 2016).”

 

 

O [Comida na Tela] de hoje traz o curta-metragem "Semeando autonomia". Em animação, o curta-metragem sobre mulheres rurais, foi produzido pela Maria Baderna Filmes para a Christian Aid com o apoio da Sempreviva Organização Feminista (SOF)  e outras entidades.

Em menos de dez minutos, “Semeando autonomia” traz a história de Maria e sua descoberta das possibilidades de produção e comercialização de alimentos a partir de seu próprio quintal. O vídeo incentiva a valorização das mulheres no campo e faz referência a programas de grande relevância, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), além de incentivar a participação em feiras e a auto-organização das mulheres em grupos.

O curta teve base nos acúmulos do seminário sobre gênero e mercados inclusivos, que reuniu em 2015 mulheres rurais representantes de diversas entidades e estados. Também foi fruto deste projeto a publicação “Mulheres do campo construindo autonomia”.

 

 



Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui