Ideias na Mesa - Blog


postado por Débora Castilho em Quarta-feira, 06 de Abril de 2016

Sabe-se que faz parte da competência do nutricionista zelar pela preservação, promoção e recuperação da saúde, alimentação e nutrição no ambiente escolar.

Para isto, as normas que abordam a atuação do nutricionista no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), estabelecem que este profissional seja o responsável por um conjunto de ações técnicas tais como: realizar o diagnóstico e o acompanhamento do estado nutricional; planejar, elaborar, acompanhar e avaliar o cardápio da alimentação escolar, levando em consideração as necessidades alimentares específicas de crianças, adolescentes e adultos.

Também deve propor e realizar ações de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) considerando as distintas fases da vida, etapas do sistema alimentar e as interações e significados que compõem o comportamento alimentar.

Pensando nisso o [Biblioteca do ideias] hoje destaca o “Manual de Orientação para a Alimentação Escolar na Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e na Educação de Jovens e Adultos”.

O manual tem por objetivo oferecer informações que auxiliem suas ações no desenvolvimento e operacionalização das atividades inerentes ao PNAE, quando relacionadas ao fornecimento de alimentação escolar diferenciada de acordo com as necessidades específicas de cada etapa do ciclo de vida, bem como das etapas de ensino: educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e Educação de Jovens e Adultos.

A proposta do Manual é servir de orientação para os nutricionistas, diretores, professores e demais profissionais envolvidos com o programa de alimentação escolar no processo de educação nutricional, contendo informações sobre a promoção da alimentação saudável nas escolas.

Para baixar e saber mais sobre o Manual clique aqui: http://goo.gl/ZrwKfP

 



Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui