Ideias na Mesa - Blog


postado por Débora Castilho em Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2016

Não há escola de culinária melhor do que a de nossas avós! Quanta coisa podemos aprender com elas: cultura, história, comida como patrimônio e principalmente amor através do alimento.

Cada avó tem um toque especial na comida o que a faz torna-la inesquecível. Pensando nisso o [Comida na Tela] de hoje vem falar do Grandma's Project, um projeto criado pelo francês Jonas Parienté, que traz um pedacinho da cozinha e cultura alimentar de diferentes vovós do mundo.  O projeto trata-se de uma websérie colaborativa, onde jovens diretores do mundo inteiro filmam as suas avós, utilizando-se das receitas favoritas delas para contar a relação e a herança familiar. De São Paulo a Paris elas são as estrelas principais e os filmes contam com boas pitadas de afeto, doçura, histórias e boas risadas.

Grandmas Project – Teaser from Chaï Chaï Films on Vimeo.

 A família de Jonas Pariente, idealizador do projeto, é parte egípcia, parte polonesa. Nascido na França e residente de Paris, ele não fala os idiomas de seus avós e se sente absolutamente francês. Mas, quando põe na boca um arenque, vira polonês na hora. Quando come o cozido de carne egípcio com espinafre, chamado de molokheya, se sente inteiramente conectado com a cultura e o passado de sua família no Egito. Quem prepara o prato como ninguém é sua avó Nano, nascida no Cairo e estrela do primeiro filme da websérie, que Jonas criou como forma de preservar a cultura de sua família. E de falar de amor e comida. “Este projeto é uma resposta para a minha ligação com a minha família. As coisas mais significativas e tocantes da vida estão ao lado da comida”, afirmou em entrevista ao Paladar.

Dona Rosa, uma das vózinhas participantes da websérie, é filha de libaneses nascida em São Paulo. Sempre gostou de cozinhar e foi aprendendo com a avó dela, já que a cozinheira da família nunca permitiu que ela entrasse na cozinha. Aos 97 anos, ela se dedica ao "mehchi" com a ajuda de sua cozinheira Beatriz. Este vídeo foi feito pelo seu neto, cineasta franco-brasileiro Mathias Mangin, ele vê a comida como a forma mais simples e clara que sua avó, usa para transmitir amor. Rosa prepara charutos de uva para o neto e a receita nem é mais tão fiel assim às origens. “Os libaneses acharam muito diferente. O da minha avó, embora tenha uma base libanesa, tem o gosto do Brasil”, conta Mangin.

Grandmas Project – Mehchi from Chaï Chaï Films on Vimeo

Em outro filme, uma fofura de avó, camponesa da França, e o neto Irvin, fazem juntos uma gemada. O filme é super envolvido de afeto e ternura, onde relembram a infância da avó e ainda assistem juntos Dragon Ball Z, como faziam quando Irvin era pequeno. Ela diz estar preocupada com a cabeça, diz que se esquece das coisas. No final, os dois olham para as xícaras e riem: para quem está assistindo, fica a impressão de que a gemada ficou mais parecida com uma ambrosia – que é doce como amor de avó.

Grandmas Project – Lait de poule from Chaï Chaï Films on Vimeo.

Os vídeos são envolvidos de muita ternura e afeto, e podemos ver como a comida pode transmitir muito mais do que nutrientes, pode transmitir cuidado, abraço, carinho, amor e boas risadas.

Para quem ainda não sabe a rede Ideias na Mesa realizou em 2014 um projeto colaborativo, que é o nosso Livro de Receitas – Mais que Receitas, que tem o objetivo semelhante ao do Grandma's Project, pois o livro resgata as histórias e memórias tradicionais de receitas de famílias por todo o Brasil. No Livro você encontra receitas de diferentes regiões para que todos possam desfrutar de uma experiência acolhedora, cheia de sentido e afeto.

Com tanta inspiração, que tal chamar a sua vózinha para cozinhar junt@s, aquela receita preferida e que te traz tantas lembranças?

Você confere mais sobre o projeto aqui: http://grandmasproject.org/

 



Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui