Ideias na Mesa - Blog


postado por Rafael Rioja Arantes em Sexta-feira, 19 de Junho de 2015

O Comida na Tela de hoje exibe o documentário brasileiro que conta a incrível aventura de Manoel Inácio do Nascimento e Ivana Cavalcanti, dois agricultores familiares assentados que resolveram percorrer 10.000 quilômetros de bicicleta em busca de sementes crioulas.

Estes dois destemidos moradores do sertão brasileiro tomaram a decisão de partir após observarem que não se conseguia mais encontrar sementes naturais na região por conta do avanço das monoculturas transgênicas, e que a solução seria pedalar pelo Brasil e outros países vizinhos em busca de trocas.

A escolha da bicicleta como veículo se deu por alguns fatores. Primeiramente o custo, era o único meio de transporte que eles conseguiriam arcar. O hábito de pedalar para resolver as coisas do dia a dia foi outro fator que contribuiu. O principal aspecto que pesou, no entanto, foi a autonomia. Nas palavras de Manoel:

“A bicicleta significa horizontalidade, a não hierarquia, com a bicicleta você se guia”.

Através desta jornada eles buscaram a criação de um banco de sementes crioulas volante, onde cada indivíduo serve como um multiplicador e disseminador. Foi a solução encontrada por eles para lidar com o desafio imposto pela dominação do agronegócio.

“A preservação das sementes é uma forma de resistência contra o agronegócio”.

A iniciativa do casal mostra como a monocultura extensiva e os transgênicos avançam cada vez mais colocando em risco a Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional de comunidades. A boa notícia é que alternativas que visam combater o modelo de produção hegemônica são possíveis.  

Assista:




Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui