Ideias na Mesa - Blog


Posts Relacionados com a(tag):povos indígenas

postado por Ana Maria Thomaz Maya Martins em Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

O post do [Biblioteca do Ideias] de hoje apresenta uma publicação com enfoque holítico com o seguinte tema "“O Direito Humano à Alimentação Adequada e à Nutrição do povo Guarani e Kaiowá – um enfoque holístico”. 

Lançado em agosto de 2016, o documento traz a análise das violações de direitos e suas diferentes causas, que são responsáveis pela situação de insegurança alimentar e nutricional dos Guarani e Kaiowá no Mato Grosso do Sul. Iniciada em 2013, a pesquisa socioeconômica e nutricional, com abordagem em direitos humanos, foi realizada em 96 domicílios de três comunidades indígenas: Kurusu Ambá, Ypo’i e Guaiviry.

A pesquisa e sua releitura foram bastante extensas, mas no Resumo Executivo, encontrase uma forma mais amigável de apresentar os principais resultados do trabalho.

Uma das constatações da pesquisa é que em 76% dos domicílios a pessoa entrevistada afirmou que, no mês anterior a setembro de 2013, houve ocasião em que crianças e jovens da casa passaram um dia todo sem comer e foram dormir com fome, porque não havia comida na casa. Já em 82% dos domicílios havia a afirmação de que esse grupo comeu menos quantidade de comida do que julgava ser necessário, porque não dispunham de recursos para obter alimentos.

Ainda, outro dado aponta que as famílias procuram proteger suas crianças desta terrível situação: em cerca de 80% das residências a pessoa entrevistada afirma ter comido menos para deixar comida para as crianças.

As causas das violações identificadas na pesquisa estão assentadas, além da negação do direito ao território e as disputas que daí decorrem, na discriminação que o povo Guarani e Kaiowá sofre. “Geralmente, as violações de direitos dos povos indígenas acontecem em razão de sua identidade cultural. Esta violação abre portas para negação de outros direitos, incluindo o direito à alimentação e à nutrição adequadas. Estas violações são históricas, estão associadas ao processo de exploração econômica do Estado e são de responsabilidade das três funções do Estado brasileiro, como procuramos evidenciar no documento”, ressalta a secretária geral da FIAN Brasil, Valéria Burity.

Para ter acesso a publicação completa acesse aqui.



postado por Rafael Rioja Arantes em Quarta-feira, 22 de Abril de 2015

 

Em comemoração e reconhecimento ao dia do índio que foi celebrado neste domingo dia 19 de abril o Ideias na Mesa exibe alguns vídeos relacionando grupos indígenas como protagonistas de ações que envolvem alimentação. Tendo-se a dimensão da comida como um patrimônio, nada mais adequado do que trazer experiências e práticas indígenas que sempre tiveram e ainda mantém uma relação muito próxima e sustentável entre os alimentos, sua cultura e a natureza.    

Reunimos alguns vídeos que mostram alimentos típicos que constituem a base da alimentação indígena, o uso medicinal de plantas, assim como uma experiência de parceria com um produtor local para comercialização de alimentos orgânicos, gerando renda para a comunidade.

O vídeo abaixo ensina a como preparar uma refeição típicamente ínigena, o "peixe com biju". O "biju" ou "beiju", é feito com um alimento tradicional da cultura brasileira que é conhecido por vários nomes dependendo da região: Mandioca, macaxeira e aipim. Coincidentemente, dia 22 de abril é comemorado o dia da mandioca, este tubérculo extremamente rico cultural e tradicionalmente.     

Outro vídeo que traz o peixe com biju como a base da alimentação, abordando também costumes da tribo, e a relação entre desmatamento e carências nutricionais:

Este vídeo apresenta um "herbário fitoterápico", o uso de plantas naturais com fins medicinais a partir do conhecimento secular indígena:

 

Uma tese de estudo é apresentada entre a relação da alimentação observada sob a ótica econômica em um grupo indígena. É analisado o período desde o cultivo até o consumo final: 

 

O seguinte vídeo traz uma matéria mostrando a associação de indígenas com um produtor local de orgânicos, melhorando a Segurança Alimentar e Nutricional da comunidade através da geração de renda: 

 

Os vídeos exemplificam a rica cultura e conhecimento natural que os povos indígenas possuem, evidenciando a relação que estes povos possuem com a terra. Alimentos, medicamentos e renda são elementos que os índios extraem e recebem através de sua íntima relação com o solo.   



Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui