Ideias na Mesa - Blog


Posts Relacionados com a(tag):curso

postado por Equipe Ideias na Mesa em Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

novos cursos

A Rede Virtual Ideias na Mesa conta agora com mais dois cursos de autoaprendizagem que fazem parte de um conjunto de iniciativas que visam desenvolvernovas capacidades e estimular o desenvolvimento e a implementação de ações de Educação Alimentar e Nutricional. O primeiro curso, Metodologias participativas para ações de EAN tem o objetivo de estimular o uso dessas metodologiasem ações de Educação Alimentar e Nutricional; já o curso Jogos na Mesa oferece um guia básico para a criação de jogos para apoiar ações de promoção da alimentação adequada e saudável.

O curso de Metodologias Participativas é destinado a pessoas e profissionais que atuam em projetos comunitários, professores e estudantes envolvidos com educação em saúde e alimentação e nutrição.Ele écomposto de dois módulos: Bases conceituais das Metodologias participativas nas práticas comunitárias e Planejamento de programas educativos em EAN.

A criação do curso Jogos na Mesa foi motivada por experiências realizadas nas áreas de Saúde e Educação, que têm encontrado nessa ferramenta uma metodologia envolvente, levando pessoas de todas as idades a se engajarem em atividades diversas e práticas educativas. O processo de criação sugerido no curso está dividido em cinco fases apresentadas a partir do desenvolvimento dos principais elementos estruturantes de um jogo. Nessas fases o aluno aprende, por exemplo, sobre a conceituação e criação de jogos e os elementos que o compõe; o passo a passo para a elaboração de um protótipo de jogo; e como testar e aprimorar um jogo.

O curso oferece a metodologia para profissionais que atuam em diferentes áreas, assim como docentes e estudantes que desejam usar jogos como recurso de ensino e aprendizagem. Com o conhecimento desenvolvido no curso, o participante poderá criar projetos de design de jogos de mesa (jogos concretos) para serem aplicados em diferentes situações nos serviços de saúde, assistência social e educação.

Para participar dos cursos basta que o interessado esteja logado na rede, isso é possível desde que o usuário faça o seu cadastro no site: www.ideiasnamesa.unb.br

 

Comece agora! Acesse aqui:

Metodologias Participativas para ações de Educação Alimentar e Nutricional

Jogos na Mesa - Como criar jogos para promover a alimentação adequada e saudável

 

A Rede Virtual Ideias na Mesa é uma iniciativa do Observatório de Política de Segurança Alimentar e Nutrição do Departamento de Nutrição da Universidade de Brasília (OPSAN/UnB), em parceria com a Coordenação-Geral de Educação Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (CGEAN/SESAN/MDSA). 



postado por Equipe Ideias na Mesa em Segunda-feira, 25 de Maio de 2015

No último vídeo da série de entrevistas sobre experiências de Educação Alimentar e Nutricional no contexto dos serviços socioassistenciais, o Ideias Entrevista Fernanda Cecílio Vale, nutricionista da Subsecretaria de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social (Subsan/SEDHS) do DF.

Na entrevista, ela fala sobre o Plano de Educação Alimentar e Nutricional da SEDHS e suas ações que buscam fomentar a autonomia de escolhas alimentares saudáveis e sustentáveis para a população atendida pelos equipamentos públicos da rede do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

Fernanda também comenta sobre o Caderno Metodológico de Atividades de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) do Distrito Federal - material com diversas sugestões de atividades educativas para serem desenvolvidas com crianças e adolescentes.

Assista ao vídeo:

 

O Ideias Entrevista é mais uma ação para divulgar o curso "Educação Alimentar e Nutricional: Uma estratégia para promover o Direito Humano a Alimentação Adequada nos serviços socioassistenciais" que foi lançado este mês!

Para participar, se cadastre na rede e acesse aqui!



postado por Maína Pereira em Terça-feira, 19 de Maio de 2015

Ontem foi lançado o novo curso de autoaprendizagem da rede que tem como objetivo estimular o desenvolvimento e a implementação de ações de Educação Alimentar e Nutricional na rede de proteção social básica do SUAS. Se você ainda não conheceu é acessar a página do curso aqui!

Todo o conteúdo do curso foi baseado nos Cadernos Teórico e de Atividades “Educação Alimentar e Nutricional: O Direito Humano à Alimentação Adequada e o Fortalecimento de Vínculos Familiares nos Serviços Socioassistenciais”, disponíveis em formato PDF na Biblioteca do curso.

A fim de estender as reflexões sobre o tema abordado, apresentamos hoje, aqui no [Pensando EAN], um relato de Lélia Nunes* sobre sua experiência em utilizar este material em ações educativas para os usuários do Centro de Referência de Assistência Social de Barbacena, Minas Gerais.

Confira:

“Às vezes militamos por uma causa, no caso pelo “Direito humano à alimentação adequada”, nos conselhos e nas Conferências e quando somos inseridos no serviço e assumimos esse papel no dia a dia, vem uma sensação de impotência diante da responsabilidade de trocarmos experiências e compartilharmos saberes para avançarmos nesta direção. Vivemos uma sensação inicial de não saber por onde começar a realizar o trabalho, quais temas, em quais momentos, como estabelecer as parcerias intersetoriais... é muita vontade de ver as coisas acontecerem e os desafios são muitos. Com o tempo, vamos vencendo cada um deles e torna-se possível vivenciar mudanças gratificantes, inclusive em nós mesmos. Foi isso que senti quando me tornei nutricionista da assistência social de um município do interior de Minas Gerais, e talvez, não seja a única.

O trabalho apresenta-se e, com ele, inicia-se a busca por um caminho, por redes colaborativas, por materiais de apoio ao processo de trabalho. A base teórico-prática para alcançar os objetivos é das mais sólidas, a Educação Alimentar e Nutricional. Começando por aí que encontrei a Rede Ideias na Mesa e que tive contato com o material de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) para serviços socioassistenciais, que estava ainda em consulta pública. Foi um alento encontrar várias formas de abordar os temas, com atividades específicas para cada ciclo da vida, que experimentamos, inicialmente, nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). As ações foram desenvolvidas por mim e por outra nutricionista, com apoio de toda a equipe do CRAS e eram adaptadas à realidade local e oferecidas aos usuários em formato de oficinas temáticas, grupos e ciclos de intervenções durante as oficinas de artesanato, recreação, capoeira, etc.

Algumas atividades que vivenciamos foram “de onde vem os alimentos”, “descobrindo os alimentos por meio dos sentidos”, “cesto saudável”, “prato saudável”, “mitos e verdades” e “refeições saudáveis”. As estratégias contidas nas abordagens propostas foram de grande valia para a prática de EAN nos CRAS, pois traziam a metodologia e os materiais de forma bem detalhada, o que facilitava a replicação, adaptação e execução da atividade; permitiam trabalhar com todos os ciclos da vida, inclusive com propostas intergeracionais; e eram ativas, o que suscitava uma maior participação e envolvimento, notada por meio da motivação em estarem ali e relatarem suas vivências.

A experiência foi muito positiva, tanto para nós, quanto para os usuários, pois possibilitou e incentivou compartilhamentos de saber e reflexões sobre o ato de comer em toda sua complexidade. Os usuários participavam de forma ativa nas dinâmicas, contavam muitas histórias de suas rotinas alimentares familiares presente e passada, levavam hortaliças não-convencionais regionais e receitas para conhecermos, queriam perguntar tudo sobre alimentação, anotavam os temas que gostariam que fossem abordados nas próximas iniciativas e criavam vínculos conosco. Foi possível notar mudanças nos conceitos relacionados à alimentação e nutrição dos mesmos, em suas falas no decorrer das atividades ou por meio do relato de uma atitude diferente na rotina alimentar, inclusive das crianças.

Foi uma boa escolha aproveitar a leitura e as propostas dos Cadernos Teórico e Metodológico de EAN para uso nos serviços socioassistenciais, espero que minha experiência ajude e/ou incentive outras nutricionistas e ou outros profissionais envolvidos com EAN a replicarem os conceitos e atividades. E espero que, com o tempo, essas publicações possam ser ampliadas com ainda mais ideias, porque são sempre bem-vindas!”   

 

      lanche grupokids

*Lélia Cápua Nunes é nutricionista e foi conselheira suplente dos Conselhos Municipais de SAN de Juiz de Fora e Barbacena. Atuou como nutricionista na Assistência Social na Prefeitura Municipal de Barbacena e atualmente é professora da Universidade Federal de Juiz de Fora-campus avançado de Governador Valadares-MG.

 


 



postado por Equipe Ideias na Mesa em Quinta-feira, 30 de Abril de 2015

Orientar a população quanto ao desperdício de alimentos e estimular o consumo de preparações rápidas, nutritivas e de baixo custo foram os principais objetivos do Projeto realizado pela Coordenação de Segurança Alimentar e Nutricional da Prefeitura Municipal de Ananindeua-PA, por meio das nutricionistas Merceani Rêgo e Taissa Mafra, entrevistadas para a série de vídeos “Ideias Entrevista”.

Na entrevista elas detalham sobre como surgiu a ideia do projeto e como a experiência foi realizada, destacando as perspectivas de estender as ações de Educação Alimentar e Nutricional para os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

Esta experiência realizada em Ananindeua-PA é um exemplo dentre as experiências que serão citadas no próximo curso de autoaprendizagem da rede Ideias na Mesa, que tem como objetivo estimular o desenvolvimento e a implementação de ações de Educação Alimentar e Nutricional na rede de proteção social básica do SUAS.



postado por Equipe Ideias na Mesa em Segunda-feira, 13 de Abril de 2015

A rede Ideias na Mesa lança este mês uma série de vídeos de entrevistas: É o Ideias Entrevista! A proposta é utilizar o mesmo recurso Google+ Hangout On Air que já utilizávamos para bate-papos com vários convidados, mas agora para entrevistas exclusivas sobre uma experiência ou tema em específico.

Para começar, entrevistamos usuários que terão suas experiências citadas no próximo curso de autoaprendizagem que tem como objetivo estimular o desenvolvimento e a implementação de ações de Educação Alimentar e Nutricional na rede de proteção social básica do SUAS.

Na primeira edição, Ideias entrevista Vanille Pessoa, professora no curso de Nutrição da Universidade Federal de Campina Grande.

Na entrevista, Vanille compartilha sua experiência "Práticas de Educação Alimentar e Nutricional na Promoção da Alimentação Adequada e Saudável”, desenvolvidas pela Universidade Federal de Campina Grande, com mulheres do Programa Bolsa Família no município de Cuité – PB".

Assista:

 

O Ideias Entrevista é mais uma ação para divulgar o curso "Educação Alimentar e Nutricional: Uma estratégia para promover o Direito Humano a Alimentação Adequada nos serviços socioassistenciais" que tem lançamento previsto para este mês.

O que achou?

Aguarde os próximos vídeos! :D



postado por Maína Pereira em Terça-feira, 03 de Março de 2015

 A dica de hoje é para profissionais envolvidos em ações de Educação Alimentar e Nutricional no Programa Bolsa Família (PBF).

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), em parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) ofereceu curso online de aperfeiçoamento para formação e capacitação de gestores e/ou profissionais que atuam no PBF visando a articulação e organização de ações intersetoriais de EAN integrada às políticas, programas e projetos.

O material didático utilizado no curso encontra-se disponível agora na Biblioteca do Ideias para todos interessados e tem como tema central a Educação Alimentar e Nutricional aplicada de forma continuada e permanente em ações públicas da saúde, educação e assistência social em âmbito local.

O livro online contém conteúdos pedagógicos que se articulam entre a teoria e a prática e que visam contribuir para a atuação dos profissionais envolvidos nas ações de EAN no PBF como protagonistas do fortalecimento da Segurança Alimentar e Nutricional e também para a autonomia dos titulares de direito.  


 



postado por Maína Pereira em Quinta-feira, 07 de Agosto de 2014

banner forum

Para quem gosta muito de conversar e trocar ideias sobre diversos temas, o Fórum da rede é um ótimo espaço para isso!

O Fórum do Ideias na Mesa é um espaço para discussão e compartilhamento de conhecimentos, dificuldades e desafios na área de Educação Alimentar e Nutricional.

Para participar é simples. Basta se registrar no fórum e pronto: já pode comentar nos tópicos de discussão!

No momento existem três quadros temáticos:

arvore de ideiasAtualidades: aberto a todos os usuários registrados, esse quadro aborda temas das atualidades relacionados à Alimentação e Nutrição no contexto social.

Nessa semana lançamos um novo tópico para discutir sobre as alegações utilizadas nos rótulos de alimentos como o termo "natural". Estratégias de marketing muito usadas pelas empresas do ramo alimentício e que tem gerado grandes lucros mas que também podem confundir os consumidores a acreditarem que certos produtos alimentares são mais saudáveis do que realmente são.

Cursos online: Esse é um espaço de diálogo sobre a temática abordada nos cursos da rede como o de "Educação Alimentar e Nutricional: uma estratégia para a promoção do Direito Humano à Alimentação Adequada". Depois de ter feito o curso, aproveite o fórum para compartilhar experiências, dificuldades e desafios vivenciados na prática relacionados com a Educação Alimentar e Nutricional (EAN).

Formação profissional: se você é docente da disciplina de Educação Nutricional, aqui é seu espaço. Com acesso restrito a esse público, o fórum de professores tem o objetivo de possibilitar um espaço para o compartilhamento das vivências no ensino de EAN nos cursos de graduação em Nutrição. Para participar é necessário solicitar a inclusão no grupo pelo e-mail: ideiasnamesa@unb.br.

Você também pode sugerir temas para serem discutidos em nosso fórum. Basta enviar sua sugestão para nossa equipe! 

E aí, vamos participar?

Segue um passo-a-passo sobre o cadastro:

  1. Entrar no site do Ideias na Mesa e clicar no espaço “Fórum” ou ir direto pelo link: http://forum.ideiasnamesa.unb.br/;
  2. Para se cadastrar, basta clicar em “Registre-se” e iniciar o cadastro (sem cadastro é possível ver as discussões, mas não é possível contribuir);
  3. Logo após, aparecerá uma tela com o Acordo de Registro que deverá ser lido para que todos os termos sejam aceitos;
  4. A próxima etapa é preencher o formulário de registro com seus dados pessoais, e-mail e senha;
  5. Para finalizar, basta clicar em “Registre-se”;
  6. Logo em seguida, a administração do fórum receberá um e-mail para ativar a sua conta.
  7. Pronto! Agora é só comentar nos tópicos de interesse!




postado por Luiza Lima Torquato em Quinta-feira, 17 de Julho de 2014

Teve muita vontade de participar do concurso #raspeioprato mas perdeu o prazo? Não se preocupe, você poderá contribuir com fotos que mostram ações para redução do desperdício de alimentos até o dia 31 deste mês.

Isso mesmo, prorrogamos mais um pouquinho a data do encerramento do concurso para que você possa fazer parte deste movimento!

O concurso #raspeioprato é uma iniciativa da Rede Ideias na Mesa e do Projeto Satisfeito que estimula que as pessoas postem fotos de como é possível aproveitar ao máximo os alimentos e diminuir a quantidade de lixo na lixeira. 


Para participar é simples:
Poste fotos no facebook  com a hashtag #raspeioprato mostrando a sua iniciativa. As fotos devem apresentar um título/legenda, o local/data em que foram tiradas e devem ser compartilhadas de forma pública. Elas serão analisadas no dia 31/08 e os cinco participantes que tiverem as fotos mais curtidas serão premiados.

Clique aqui para saber mais e participe!



postado por Luiza Lima Torquato em Quinta-feira, 17 de Julho de 2014

O Ideias na Mesa e o Projeto Satisfeito lançam novo desafio para estimular o debate sobre o desperdício de alimentos.



O desperdício de alimentos é uma grande contradição em um mundo que ainda não foi capaz de alimentar de maneira saudável e adequada todos os seus moradores. Segundo dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), mais de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são perdidos, um terço do que é mundialmente produzido.

Pensando nisso, o Ideias na Mesa e o Projeto Satisfeito lançam concurso para promover e dar visibilidade às iniciativas que contribuem para a redução desse problema. Para participar, é simples: do dia 10/06 a 31/07, poste fotos no facebook  com a hashtag #raspeioprato mostrando a sua iniciativa. As fotos devem mostrar como é possível aproveitar ao máximo os alimentos e diminuir a quantidade de lixo na lixeira. Além disso,  devem apresentar um título/legenda, o local/data em que as fotos foram tiradas e devem ser compartilhamentas de forma Pública* - modelo a seguir.

 

As fotos serão analisadas no dia 31/07 às 16h e os cinco participantes que tiverem as fotos mais curtidas ganharão:

  • - 1 kit do Projeto Satisfeito + Instituto Alana contendo 1 DVD do filme Muito Além do Peso, 1 DVD do filme Criança a Alma do Negócio; conteúdos sobre desperdício de alimentos e segurança alimentar e nutricional, folder do Projeto Satisfeito e bottom; 
  • - 1 kit com publicações do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome; 
  • - 1 exemplar do Marco de Referência de Educação Alimentar e Nutricional para as Políticas Públicas;
  • - menção honrosa. 

A primeira revista Ideias na Mesa - Desperdício: o vilão de todos nós lançada em setembro de 2013, traçou um panorama sobre a perda de alimentos no país, ouviu profissionais que trabalham de distintas maneiras na redução do desperdício e apresentou ideias e experiências de como consumir menos e melhor, reaproveitar, redestinar, criar e valorizar um sistema alimentar e hábitos sustentáveis. Sugerimos que leia a revista e inspire-se! 

Agora é com você! Deixe sua câmara fotográfica ou celular à postos e participe.
 

Regulamento:

  1. Fotos recebidas após prazo estabelecido serão automaticamente desclassificadas;
  2. Não serão consideradas imagens que infrinjam ou violem os direitos alheios, as normas para prevenção de conflito de interesses do Ideias na Mesa ou a legislação, que sejam não fidedignas, maliciosas ou preconceituosas;
  3. O interessado em participar do concurso declara, desde já, ser responsável pela autoria da imagem encaminhada;
  4. Ao participar do concurso você aceita que as fotos componham a biblioteca do Ideias na Mesa e, independentemente da classificação, sejam reproduzidas, publicadas ou exibidas pelo Ideias na Mesa;
  5. Os vencedores do concurso autorizam o uso do seu nome nos materiais de divulgação do Ideias na Mesa, sem ônus de espécie alguma para seus organizadores.
     

Cronograma

  • Inscrições por meio de postagem no facebook: De 10/06 a 31/07/14
  • Análise das fotos: 31/07 às 16h
  • Anúncio dos vencedores: 01/08/14

Para maiores informações, acesse: ideiasnamesa.unb.br ou envie um e-mail para: ideiasnamesa@unb.br.



postado por Luiza Lima Torquato em Sexta-feira, 13 de Junho de 2014

Por acreditar que os padrões alimentares que começam na infância afetam a saúde e o bem-estar ao longo da vida, a Universidade de Stanford criou um curso online gratuito que discute a alimentação infantil contemporânea e o papel da família e do cozinhar neste contexto.

O curso JUST COOK FOR KIDS - Child Nutrition and Cooking - ensina como pais e educadores podem inserir, de forma prática e divertida, uma alimentação saudável na rotina de casa.

Ele está disponível no idioma inglês e é dividido em 5 módulos: I - a importância de cozinhar em casa; II - o que constitui uma refeição equilibrada; III - do supermercado para mesa de jantar e para a escola; IV - comer de forma sustentável; V- rotulagem, alergias e sabor dos alimentos.

A professora e tutora do curso, Maya Adam, é a mãe de três meninos, biologa, médica, professora de Stanford desde 2009 e adora passar seu tempo livre brincando com as crianças e cozinhando para a família e amigos.

Confira a apresentação do curso e acesse aqui os módulos e as aulas.

 



Go to page:
Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui