Ideias na Mesa - Blog


Posts Relacionados com a(tag):comunidades

postado por Ramon da Silva Rodrigues Almeida em Quarta-feira, 25 de Novembro de 2015

Durante o 1º Encontro da Rede Ideias na Mesa tivemos a palestra com a Prof. Dra. Maria Marlene Marques do curso de Nutrição da Universidade Estadual do Ceará sobre Metodologias participativas e a experiência da educação popular na perspectiva da EAN e SAN dentro da sua participação no projeto “Construindo Capacidades em Segurança Alimentar e Nutricional” em parceria com o Centre for Studies in Food Security da Ryerson University/Toronto.

A partir dessa experiência foi possível a formulação de um material educativo que funciona como uma ferramenta educativa para a promoção da segurança alimentar e nutricional em comunidades e baseia-se nas experiências das animadoras sociais das organizações não governamentais Associação Semente de Amor, Associação Sonho Infantil e Projeto Comunitário Sorriso da Criança, que desenvolveram atividades com famílias de alguns bairros de Fortaleza (CE), a fim de fortalecer as ações voltadas à alimentação e nutrição destas famílias.

 

Esse material é o post de hoje da [Biblioteca do Ideias]!

Toda as ações presentes no material fizeram parte do Projeto “Criando Capacidades em SAN” desenvolvido no Brasil e na Angola (PCCSAN) e teve por finalidade a capacitação técnica para a discussão, planejamento e a implementação das políticas e programas de segurança alimentar e nutricional nestes países.

No Brasil, mais especificadamente em Fortaleza (Ceará) a experiência foi realizada com cerca de 43 animadoras sociais e cada uma acompanhou cerca de 150 famílias.

Dentre as suas atividades estavam a realização sistemática de uma pesquisa socioeconômica junto às famílias e com posse dessas informações as associações teriam um retrato da situação das famílias, das crianças, principais beneficiárias das ações desenvolvidas, entre as quais algumas eram voltadas à alimentação.

No geral, na publicação é possível encontrar todas as reflexões e discussões para a reconstrução dos caminhos para trabalhar a segurança alimentar e nutricional nas comunidades por meio de metodologias problematizadoras e ativas com base na pedagogia de Paulo Freire, além de outras ferramentas de base freiriana e saberes populares.

 

Por fim colocamos em nossa biblioteca fragmentos de uma cartilha que traz ainda alguns fatores que implicam a insegurança alimentar, esclarece o que ela é, como combate-la, além de fortalecer o direito à alimentação e da segurança alimentar e nutricional nas comunidades.

Você pode conferir todo o instrumento na [Biblioteca do Ideias] e também uma cartilha explicativa que auxiliou na ação.

Desde já agrademos a Professora Maria Marlene pela sua participação enriquecedora em nosso evento e também pode nos deixar disponibilizar esse material que temos a certeza que contribuirá para o fortalecimento da EAN e da SAN em todo o Brasil. 



postado por Ramon da Silva Rodrigues Almeida em Quarta-feira, 09 de Setembro de 2015

A fome é um problema estrutural ou moral?

Essa é uma das perguntas que conduzem o documentário “Peraí, é nosso direito! ”, tema da [Biblioteca do Ideias] de hoje.

A produção foi feita entre os anos 2004 e 2006 com a direção de Renato Barbiéri e produzido pela Videografia em parceria com a ABRANDH nas comunidades de Sururu de Capote/AL e Vila Santo Afonso/PI.

O objetivo do projeto é de contribuir com o empoderamento das comunidades e apoiar ações para exigir e monitorar a realização de seus direitos humanos por meio de políticas públicas do Estado, em especial à alimentação adequada.

Destacam-se entre os personagens vários juristas, professores, nutricionistas e a própria população que refletem sobre a fome, a insegurança alimentar e nutricional que assolam essas comunidades e levantam algumas indagações sobre essas realidades:

“A alimentação adequada não quer dizer só o alimento em si, quer dizer todos os direitos humanos indivisíveis” -  Maria Santinha, moradora da comunidade Vila Santo Afonso/PI.

“A questão alimentar não é só questão de dieta, é uma questão de saneamento, de emprego, educação” – José Geraldo, professor e jurista.

Você pode conferir esse documentário completo em nossa [Biblioteca do Ideias].



postado por Ramon da Silva Rodrigues Almeida em Sexta-feira, 24 de Julho de 2015

Quem não se lembra daquele cheirinho de comida ao fogão da casa de vó? A alimentação nos presenteia com inúmeras memórias boas de nossa vida não é?!

Hoje o [Comida na Tela] resgata essas memórias alimentares por meio de um curta-metragem produzido pelo Grupo de Estudos e Pesquisas em Alimentação e Cultura (GEPAC) da UFRGS com apoio do CNPQ.

A produção aborda os hábitos alimentares presentes em comunidades remanescentes de quilombos no Sul do país, em especial as comunidades da Picada e do Rincão das Almas, no município de São Lourenço do Sul.

O filme nos presenteia com os relatos da Dona Eva Maria e Dona Maria, que contam toda as suas relações e de suas famílias com os alimentos, nos fazendo refletir sobre o comer hoje e o comer de antigamente, apresentando todo um saudosismo alimentar de sua época de criança, além de abordar aspectos da cultura e da tradição alimentar presente nos tempos. 

Os hábitos e práticas alimentares da comunidade são passados de geração em geração entre as famílias e permeiam até hoje entre os moradores do quilombo, demostrando a importância de conservação à cultura negra, grande alicerce e contribuidora da cultura e da culinária brasileira.

 

O curta é recheado com algumas receitas preparadas na hora por moradoras do quilombo, trazendo deliciosas cenas do preparo de pratos típicos da região e de todo sentimento e lembrança que eles trazem. 

 

E o melhor é que temos esse curta-metragem na [Biblioteca do Ideias], veja online:



Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui