Diante das tendências crescentes de consumo excessivo de alimentos associadas ao sedentarismo, a Educação Alimentar e Nutricional (EAN) tem sido considerada uma das principais estratégias para promoção da alimentação adequada e saudável, controle e redução de doenças crônicas não transmissíveis (como câncer, diabetes, doenças do aparelho circulatório, respiratórias crônicas e musculoesqueléticas), valorização da cultura alimentar tradicional e consumo sustentável.

Contudo, as reflexões sobre prática, possibilidades e limites da EAN ainda são escassas, seu campo de atuação não está claramente definido e existe grande diversidade de abordagens conceituais a seu respeito.

A EAN foi incorporada ao Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - PlanSAN de 2012/2015, cujo um dos objetivos consiste em “estimular a sociedade civil organizada a atuar com os componentes: alimentação, nutrição e consumo” e uma das metas é  “organizar uma rede virtual de apoio às ações de EAN no Brasil”.

A organização de uma rede virtual que promova a troca de informações, experiências e contatos entre pessoas de diferentes setores envolvidas com o tema EAN, também foi uma demanda dos participantes do Encontro de Educação Alimentar e Nutricional - Discutindo Diretrizes, realizado em Brasília em outubro de 2011.

Por isso, a Coordenação Geral de Educação Alimentar e Nutricional (CGEAN/MDSA), núcleo do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, que desenvolve ações de Educação Alimentar e Nutricional no âmbito da Segurança Alimentar e Nutricional, desenvolveu em parceria com o Observatório de Políticas de Segurança Alimentar e Nutrição (OPSAN/UnB) a rede virtual Ideias na Mesa.

O Ideias na Mesa foi criado para promover a troca de experiências de EAN vivenciadas no Brasil e estabelecer referenciais técnicos, conceituais e metodológicos, fortalecendo e valorizando o tema.

 

Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui