Ideias na Mesa - Blog


postado por Ramon da Silva Rodrigues Almeida em Quinta-feira, 01 de Outubro de 2015

O [Mais que Ideias] traz hoje 5 iniciativas que podem nos inspirar no combate ao desperdício de alimentos, que segundo a ONU é dos principais problemas globais e nos dias de hoje tudo que é produzido de alimentos no mundo por ano, pelo menos um terço vira lixo.

O site Catraca Livre listou essas 5 iniciativas que demonstram o quanto pequenas atitudes podem mudar essa triste realidade mundial, seja por meio do reaproveitamento de alimentos ou até a mesma a doação. Vamos tentar nos inspirar em algumas e aplicar em nossos cotidianos e comunidade?!

Confira logo abaixo essas ideias:

Pay As You Feel Café

Na cidade inglesa de Leeds existe um café simpático e simples que abriga até 30 pessoas com o nome de Pay As You Feel (“Pague o que quiser”, em tradução livre). Como o nome sugere, o cliente paga apenas o quanto ele acha justo pelo que está consumindo. O que neste caso são diversas opções de comidas produzidas a partir de alimentos que passaram do prazo de validade, mas que ainda estão em perfeitas condições de consumo. O cardápio que procura sempre oferecer opções nutritivas e saudáveis varia de acordo com o estoque de alimentos doados por supermercados, feiras e restaurantes.

Aqui você confere mais sobre o Café.

Movimento Satisfeito

Você senta no restaurante escolhe o prato que deseja comer e na hora de fazer o pedido avisa que você quer a porção "Satisfeito". Essa opção reduz em um terço a quantidade de comida que seria servida. Você paga o valor normal do prato ao restaurante e o estabelecimento se compromete a doar em dinheiro o valor economizado na sua refeição ao Movimento Satisfeito, criado pelo Instituto Alana. Esse montante por sua vez é repassado para organizações inseridas no programa como a ONG Banco de Alimentos e o Seeds of Light.

Veja mais aqui sobre o movimento, inclusive com o vídeo que explica tudo sobre o Movimento Satisfeito.

Foodsharing

Sabe aquele pacote de feijão que você acabou comprando a mais por impulso e que iria acabar no lixo? Então, o site alemão Foodsharing criou uma plataforma que permite compartilhar este e outros alimentos que seriam desperdiçados de uma maneira bem simples. Para participar o usuário precisa cadastrar no site os itens que ele deseja doar. Os alimentos ficam disponíveis para busca através de um mapa que cobre toda a Alemanha, e o interessado só precisa ir até o endereço onde está sendo doada a mercadoria e retirá-la. Vale lembrar que a principal regra do site é de nunca doar algo que você não comeria.

Confira aqui mais sobre essa plataforma que facilita a doação e a troca de alimentos entre as pessoas.

Sainsbury’s

A Sainsbury's, tradicional rede britânica de supermercados, decidiu que todo alimento que não pudesse ser doado deveria ser transformado em energia para abastecer suas lojas. Nascia assim o projeto piloto voltado para converter restos de alimentos em gás biometano por uma empresa de reciclagem. Esse gás é transformado em energia elétrica que é enviado à uma loja da rede na região de Cannock por meio de uma linha de transmissão de 1,5 quilômetros de extensão, permitindo ao supermercado ter todo seu consumo energético baseado neste processo.

Saiba mais sobre a iniciativa da Sainsbury’s aqui!

FoPo Food Powder

Uma startup sueca criou uma tecnologia batizada de FoPo Food Powder que desidrata frutas vencidas e as transforma em um pó, aumentando sua validade de duas semanas para dois anos. É interessante notar que todas as frutas usadas no FoPo são compradas por um valor bem menor, pois todas estão perto de seu vencimento. Desta forma, agricultores e varejistas, também conseguem lucrar com um produto que certamente teria o lixo como destino. O objetivo da startup é alimentar 9 bilhões de pessoas até 2050, reduzindo 40% do desperdício dos alimentos produzidos no planeta.

Veja mais dessa tecnologia incrível.

Todas essas iniciativas estão listadas no Catraca Livre e você pode conferir no site do Catraca mais sobre essas inspirações!



Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui