Alimentação, Higiene e Saúde na APAE de Palmas-TO.
Postado 16/12/2016

 
Postado por
FABIANE APARECIDA CANAAN REZENDE

Palmas - TO

Organização/Instituição Promotora da Experiência : Curso de Nutrição da UFT e APAE de Palmas-TO
Área da Experiência: Saúde
Niveis Atuacao: Municipal/Local
Setor da Organização/Instituição: Público
Sujeito Idade: De 0 a 10 anos, De 11 a 19 anos, 20 a 59 anos,
Número Aproximado de Participantes da Experiência : 0-50
Sujeito Caracteristica : Pessoas com necessidades alimentares especiais
Tipo Local: Escola / Creche
Tipo Experiência: Atividade Lúdica e Artística, Material Audio-visual, Material Impresso, Painel, Roda de Conversa
Temática: Alimentos ultraprocessados / alimentos industrializados, Prevenção/controle de carências nutricionais e desnutrição, Prevenção/controle de obesidade e doenças crônicas não transmissíveis (diabetes, hipertensão, câncer, doenças cardíacas, doenças respiratórias...), Promoção da Alimentação Adequada e Saudável


Sobre A Iniciativa:

A ação foi desenvolvida por acadêmicos do Curso de Nutrição da UFT, sob supervisão de um docente nutricionista alunos da APAE de Palmas, TO, a partir da disciplina Prática Clínica Integrada: intervenção em grupos populacionais. Este trabalho justifica-se por contribuir na melhoria dos hábitos alimentares em alunos da Associação de Pais e Alunos dos Excepcionais – APAE, principalmente por entender que esse grupo é excluído das ações comuns na sociedade. O objetivo deste trabalho foi realizar atividades de Educação Alimentar e Nutricional a fim de conscientizar os alunos da APAE sobre a importância de uma alimentação saudável e a prática da higienização das mãos antes do consumo de alimentos.



Passo A Passo:

A experiência buscou trazer atividades que proporcionasse a inclusão de pessoas com Deficiência Intelectual e Múltipla, da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Palmas (Tocantins). As atividades de integração foram realizadas com duração de 60 minutos e o grupo participante foi composto por 11 alunos, heterogêneo, abrangendo a faixa etária de 15 a 35 anos.

Para a atividade foram necessários os seguintes materiais: E.V.A, pistola de cola quente e refil cola quente, tesoura, impressão preto e branco, folha A4, fita adesiva, frutas in natura (mamão, laranja, abacaxi, banana, maçã, manga e melão), pote pequeno descartável, colheres de sobremesa descartável, faca, vasilha de plástico e caixa de leite. 

Foi realizada em uma sala ampla da APAE para que os alunos se sentissem à vontade e não tivessem distrações com movimentações do ambiente externo. No primeiro momento houve a apresentação do grupo, cada acadêmico falou seu nome, em seguida os alunos também se identificaram falando o nome.com intuito de interagir e deixar todo grupo familiarizado. Feito isso, um aluno de cada vez foi convidado para analisar os alimentos que estavam representados pelas figuras de EVA (banana, leite, bombom, pastel, suco de caixa, biscoito, bolo, queijo, maçã, abacaxi, laranja, limão, abacate, refrigerante, etc.) dispostos sobre uma mesa e escolheram dois alimentos sem intervenção de nenhum dos ministrantes.

Na segunda etapa, cada aluno deslocou-se para o centro da roda, mostrou os alimentos escolhidos, disse se os consumia e em seguida fixou as figuras em um quadro contendo dois campos para colagem, divididos em “saudáveis e não saudáveis”. Ao finalizarem divisões colagem dos alimentos em um dos campos, os facilitadores verificaram se todos estavam posicionados corretamente, caso houvesse algum equívoco, era feita a correção e explicado de forma simples e objetiva os motivos, a importância do consumo dos saudáveis e porque os “não saudáveis” devem sem consumidos com menor frequência, ressaltando-se os prejuízos à saúde do consumo excessivo de sal, gordura e açúcar . Também foi mostrada a quantidade máxima que pode ser consumida diariamente em medidas caseiras.

Em seguida, uma das facilitadoras demonstrou a técnica correta da lavagem das mãos e logo depois os alunos assistiram um vídeo que ilustrou aa higienização das mãos e sua importância antes de manipular e consumir os alimentos como forma de preservar um hábito diário e saudável.

Para finalizar o projeto, os alunos foram levados ao banheiro para a atividade de higienizar as mãos, com os facilitadoresauxliando. Em seguida foi oferecida uma salada de frutas a cada participante para incentivar o consumo das frutas ao som de músicas que em suas letras incentivam a alimentação adequada. A ação foi finalizada com registro fotográfico da equipe com os participantes. 



Considerações:

Os objetivos da experiência foram alcançados e a avaliação da atividade foi baseada na participação e interação dos alunos entre si e com a equipe de facilitadores.Em alguns momentos houve dificuldade de compreensão, os alunos estavam associando ‘alimentos saudáveis” com os que eles gostam de consumir, mas o equívoco foi explicado várias vezes até entenderem. Alguns surpreenderam positivamente a equipe ao verbalizarem que não se pode consumir os alimentos ricos em açúcar porque poderia desenvolver diabetes assunto abordado em aulas prévias ou de domínio de alguns participantes que são ou convivem com diabéticos. É importante ressaltar o envolvimento dos funcionários locais, que ajudaram na confecção dos materiais e no local da atividade. As atividades de Educação Alimentar e Nutricional com alunos com deficiência visual e múltipla trouxe aos acadêmicos de nutrição uma nova visão desse grupo que notou que com atenção, linguagem simples e criativa pode-se promover qualidade de vida individual e para as famílias. 


Equipe executora: Atney Karine A. Cantanhede¹, Bruna M. de Oliveira¹, Johnny T. de Assis¹, Lynnara R. Carvalho¹, Karina Dias Gomes¹, Suellen Cristine Q. Santana¹, Tereza Renata de Oliveira¹, Fabiane Aparecida Canaan Rezende²

¹ Acadêmica (o) do Curso de Nutrição da UFT

² Nutricionista. Docente do Curso de Nutrição da UFT




Custo da Experiência (R$): 30,00

Origem do Recurso/Fonte Financiadora da Experiência: Recurso próprio


Álbum de Fotos da Experiência



Biblioteca da Experiência
1 - A ação na APAE


Experiências Relacionadas







Observatório Opsan UNB
facebook
twitter
Layout e programação do site Identidade visual
Faça o ligin para continuar!

clique aqui